As vantagens de ser um projetista de compartilhamento de poste

Com o avanço da fibra óptica surgiram diversas oportunidades de emprego em equipes de lançamentos de cabos ópticos, equipes de fusões, vagas de técnicos para ativação de clientes, gerentes de redes e projetistas.


Aqueles que buscam aprender sempre e que estudam por conta própria estão sempre com vantagem em relação aos desinteressados por apredizado. Quanto mais conhecimento um profissional possui, mais ele será valorizado e maior será o valor de seus serviços.


Um simples exemplo é a comparação de um técnico que trabalha somente com rede UTP e outro que trabalha com UTP e FTTH, onde com certeza o profissional que possuí conhecimento das duas tecnologias será bem mais remunerado do que o outro.


E podemos observar que quanto mais escassa for a profissão, maior será a remuneração por ela. No setor das redes ópticas quem está no topo da escasses são os projetistas. Atualmente é muito difícil encontrar projetistas responsáveis, com conhecimento de campo e que saibam realmente desenvolver um projeto adequado.


De todas essas profissões deste mercado, tornar-se um projetista é uma opção muito interessante e nesse artigo você vai ver as maiores vantagens em se tornar um projetista de compartilhamento de poste.




1 – Liberdade geográfica


Agora, com as concessionárias de energia aceitando protocolos online, o projetista de compartilhamento de poste pode trabalhar de qualquer lugar do Brasil, podendo atender as concessionárias de todas as regiões.


Para realizar o seu trabalho, basta ter um notebook disponível.



2 – Liberdade de horário


Ao se tornar um projetista de compartilhamento de poste, você terá a possibilidade criar o seu próprio horário de trabalho, podendo exercer a sua função quando quiser.


Caso tenha interesse em apenas complementar sua renda, você pode trabalhar conforme suas necessidades e buscar projetos de forma exporadica.


3 – Boa remuneração


Por se tratar de um negócio com bastante especificidade, é possível faturar bastante dinheiro elaborando projetos de compartilhamento de postes.


Só pra você ter uma ideia, um provedor regional que atenda uma pequena cidade, facilmente possui 30km de cabos lançados na cidade e dificilmente em uma cidade existirá apenas um provedor de internet, então então entenda as proporções que este negócio pode chegar.


Você não precisará de uma equipe muito grande, somente com duas pessoas trabalhando, você consegue facilmente um faturamento de 5 dígitos por mês, podendo chegar até 6 dígitos. Lembrando que tudo isso trabalhando de onde e quando quiser.


4 – Alta demanda


O mercado de provedores de internet vem crescendo cada vez mais e cada provedor que surge já está iniciando suas operações utilizando uma rede óptica.


Outro ponto é que algumas concessionárias de energia já estão solicitando a regularização até dos cabos de atendimento (cabos drop) , aumentanto imensamente a quantidade de projetos a serem enviados.


Além dos projetos urbanos, existem os projetos rurais, onde os provedores interligam as cidades utilizando também os postes das concessionárias de energia.


Toda essa demanda de mercado abre espaço para o projetista de compartilhamento de poste ganhar muito dinheiro.


5 – Baixa concorrência


Essa é uma área desconhecida por muitas pessoas, mesmo aquelas envolvidas na área e justamente por isso não existem muitas empresas que elaboram esse tipo de serviço.


Como a demanda é muito alta, as empresas que desenvolvem os projetos de compartilhamento acabam não conseguindo suprir toda a demanda do mercado.


Caso as empresas existentes tentassem cobrir todas as demandas disponíveis, mesmo realizando a expansão de suas equipes, existirá um problema ainda maior: a falta de profissionais no mercado.


Existem pouquíssimos profissionais qualificados que conseguem realizar um processod de compartilhamento de poste e, para complicar, não existe um material de qualidade que realmente mostre o caminho de como se desenvolver um projeto como este.


Percebemos está falta de informações tão específicas quando tivemos algumas necessidades em nossa empresa.


Muitas vezes quando precisavamos contratar alguém, nunca achavamos profissionais qualificados, sendo necessário passar um treinamento para o profissional adquirir os conhecimentos necessário para fazer parte da nossa equipe.


E é justamente por isso que estamos neste nosso projeto em que postamos conteúdos diários seja no Instagram ou aqui no blog, onde queremos que mais profissionais possam se qualificar e ajudar ainda mais na expansão da fibra óptica no país.


6 – Baixo investimento e alto lucro


Para se tornar um projetista de compartilhamento de poste você não precisa de um alto investimento.


Você vai precisar de um computador com os requisitos mínimos para rodar o AutoCAD e ter acesso à internet.


Imagine ter todo o lucro de um serviço altamente valorizado e desenvolvido em casa, quem não enchergar esta oportunidade com certeza poderá se arrepender em alguns anos.

40 visualizações0 comentário